Noturnall – Noturnall

Banda já nasce com porte de gigante

Imagem

Contando com Thiago Bianchi nos vocais, Léo Mancini na guitarra, Fernando Quesada no baixo e Junior Carelli no teclado, o Noturnall é, basicamente, a nova formação do Shaman – grupo fundado por André Matos (vocal), Hugo Mariutti (baixo) e Ricardo Confessori ( bateria), todos egressos do Angra e, à exceção do baterista, não mais na banda – com Aquiles Priester (ex-Angra, Hangar), nas baquetas. O disco de estréia da banda, “Noturnall”, foi lançado em fevereiro e tem alcançado uma merecida repercussão, superando as expectativas até mesmo daqueles que já conheciam o trabalho dos músicos em suas supracitadas bandas.

Com 10 faixas e contando com a participação de Russel Allen (vocalista do Symphony X e do Adrenaline Mob) em “Nocturnal Human Side”, o álbum acerta em praticamente tudo o que se propõe e é um belo trabalho. Bastante homogêneo e com uma produção limpa, “Noturnall” mostra uma banda bastante entrosada, o que já era de se esperar, já que são caras que – à exceção de Aquiles – trabalham bastante tempo junto.

Um dos aspectos que mais me chamou a atenção em Noturnall é que, mesmo sendo composta por membros do Shaman, a banda não soa como eles. Aquele heavy metal “viajado”, meio “místico”, é deixado de lado aqui. O Noturnall optou por um som mais direto, sem abusar – mas tampouco sem abrir mão – da virtuose característica do estilo. Estão lá os riffs pesados, os solos, a cozinha competente (chamar Aquiles de “excelente” é chover no molhado), o teclado entrando nos momentos certos e, claro, os refrões grudentos que não podem fazer falta ao estilo. É legal também destacar o trabalho de Thiago, que segurou bem a onda e consegue transitar de vocais mais rasgados para tons mais agudos de maneira bastante fluída.

Como dito acima, “Noturnall” é bastante homogêneo, de forma a ficar difícil apontar destaques individuais. No entanto, faixas como “No Turn at All”, que abre o disco, “Zombies”, a quase glam metal “Sugar Pill”, a balada “Last Wish” e a pesada “Hate”, além da supracitada “Nocturnal Human Side” são músicas que se destacam no álbum.

O Noturnall é uma banda iniciante que já começa grande. Esperemos que continue assim em seus futuros lançamentos. O começo, como visto, é bastante promissor.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s