Various Artists – Ronnie James Dio: This Is Your Life

Belo tributo a um dos maiores nomes do heavy metal

Imagem

Álbuns tributo são sempre complicados de analisar. Muitas vezes eles são simplesmente caça-níqueis planejados por uma gravadora que deseja capitalizar em cima do sucesso ou do legado de determinado artista/banda, sem muito critério de seleção (a exemplo do que aconteceu em “Twisted Forever”, tributo ao Twisted Sister que tinha um rapper entre os músicos presentes); em outras, eles são um legítimo esforço para homenagear uma banda ou artista que se foi e seus rendimentos são dedicados a alguma obra de caridade.

“Ronnie James Dio: This Is Your Life” se encaixa na segunda categoria, já que o álbum foi planejado por Wendy Dio, viúva do músico morto em 2010, e todo o lucro gerado com sua venda vai para o The Ronnie James Dio Stand Up and Shout Cancer Fund, fundação criada por ela dedicada à pesquisa de prevenção, educação sobre a importância de se detectar a doença em seus estágios iniciais e, claro, a cura do câncer.

Devido ao envolvimento direto de Wendy, que foi empresária do marido por décadas, “Ronnie James Dio: This Is Your Life” é um tributo muito interessante e respeitoso à memória de Dio, tendo seu elenco escolhido a dedo. É o tipo de álbum tributo que dá gosto de ouvir, ainda que não seja isento de defeitos. Por incrível que pareça, esse defeito não é causado pelo Tenacious D, de Jack Black, que dá uma roupagem discreta à “The Last in Line”.

Clichê que possa parecer, “Ronnie James Dio: This Is Your Life” traz uma verdadeira constelação de artistas de rock e metal, englobando várias gerações, mostrando o escopo que a obra de Dio – cuja carreira começou no fim dos anos 1950 – alcançou. Prova disso é que o elenco do álbum traz tanto bandas consagradas como Anthrax (“Neon Knights”), Motörhead com Biff Byford do Saxon (“Starstruck”) e Metallica (“Ronnie Rising Medley”, com trechos de “A Light In The Black”, “Tarot Woman”, “Stargazer” e “Kill The King”) quanto aquelas que vem chamando a atenção mais recentemente, tais quais Halestorm (“Straight Through The Heart”) e Killswitch Engage (“Holy Diver”).

Nas quinze faixas do álbum – a versão aqui resenhada é a digital, que vem com um bônus – a única decepção é em “Man on the Silver Mountain”, com Rob Halford (Judas Priest) em uma performance bastante burocrática, quase preguiçosa. Nas demais treze faixas, como dito acima, as homenagens são bastante honrosas. Como bônus extra, a faixa que nomeia o álbum é uma das últimas gravadas pelo homenageado, uma balada bastante intimista.

A exemplo da carreira do homem aqui homenageado, “Ronnie James Dio: This Is Your Life”, é um tributo acima da média e que vale ser conferido.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s