Slippery – First Blow

Bela estreia de banda de Campinas

Formado por Fabiano Drudi (vocal), Dragão e Kiko Shred (guitarras), Erico Moraes (baixo) e Rod Rodriguez (bateria) em Campinas, o Slippery começou sua carreira nove anos atrás, em 2003, com o objetivo de fazer um hard rock puro e simples, aproveitando de todo o vigor e virtuose do som feito nos anos 1980 por bandas como Def Leppard, Mötley Crüe, Dokken, Bon Jovi, dentre outros.

O EP “Follow Your Dreams“, lançado em 2007, abriu as portas do mercado para a banda, que foi convidada no mesmo ano – e nos seguintes – para abrir shows de Jimi Jamison (vocalista do Survivor, banda mais conhecida pela música “Eye of the Tiger”, do filme “Rocky III”), Jeff Scott Soto (vocalista “nômade” cujos pontos altos na carreira foram as passagens pelas bandas dos guitarristas Yngwie J. Malmsteen e Axel Rudi Pell, a parceria com o falecido baixista Marcel Jacob no Talisman e no Human Clay e sua breve experiência com o Journey) e L.A. Guns.

Eis que, finalmente, em 2012, o Slippery lança seu primeiro álbum completo, inspiradamente chamado “First Blow”. Produzido por Átila Ardanuy (Dr. Sin, Anjos Da Noite), ao longo de suas 11 faixas – sendo 10 originais e uma cover de “Night of the Demon”, do “Demon”- o álbum é uma viagem aos anos de 1980, pura e simplesmente. Dragão, em entrevista recente ao Whiplash, disse que a banda não se incomoda e até gosta de ser comparada aos grandes nomes dos anos de 1980 e que não se importa quando dizem que seu som é cheio dos clichês da época. Pois é exatamente isso que “First Blow” apresenta: um hard rock quase farofa em alguns momentos, com um instrumental afinado, baladas melosas, e letras “alto astral”, que colocam um sorriso no rosto de quem ouve. Ah, não espere aqui letras idolatrando o tripé “sexo-drogas-rock and roll” ou, melhor ainda, “bebidas-mulheres-rock and roll” eternizado por nomes de peso no hard rock, como Kiss e Twisted Sister. O Slippery investe um pouco mais em suas letras, de forma que a superficialidade seja deixada de lado.

“First Blow” é um álbum bem homogêneo e agradável de se escutar, do início ao fim. Músicas como “Slippery”, a balada “No Time To Sorrow”, e as grudentas “Run for Action” e “Out of the light” são alguns dos destaques individuais do trabalho.

No fim das contas, “First Blow” mostra que o hard rock “datado” e “clichezento” ainda tem muito fôlego, basta que os músicos responsáveis por fazer esse tipo de música atualmente saibam o terreno no qual estão pisando. Altamente recomendado.

8/10

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s