MaYan – Quarterpast

Projeto paralelo com cara de banda “de verdade”

As palavras “projeto paralelo” podem trazer significados diferentes no mundo do metal. Há, quase sempre, as seguintes variações: o líder do dito projeto é o responsável direto pelas composições e letras de sua banda principal e, sabe-se lá porque cargas d’água, acaba simplesmente contratando músicos diferentes para gravar um álbum que não seria muito diferente do que ele faria com a sua banda principal; o sujeito, ainda que seja o principal compositor/letrista da banda quer fazer algo relativamente diferente e o tal projeto paralelo se justifica por causa disso; ou o sujeito quer simplesmente tocar com pessoas diferentes por um tempo. Uma característica quase sempre presente em projetos paralelos, no entanto, é a presença de diversos membros da assim considerada “banda principal” envolvidos naquela iniciativa. O caso mais extremo nesse sentido, que eu tenha notícia, é o Liquid Tension Experiment, projeto paralelo que continha nada mais nada menos do que três membros do Dream Theater. Tivesse o baixista John Myung e o projeto poderia simplesmente se chamar “Dream Theater sem o vocalista James LaBrie”. Já o projeto paralelo mais bem sucedido do metal atual é o Avantasia, capitaneado pela mente responsável pelo Edguy, Tobias Sammet.

Depois de tudo o que foi dito acima, torna-se óbvio que essa resenha trata de um desses “projetos paralelos”. O MaYan é uma iniciativa do vocalista/guitarrista Mark Jansen, famoso no mundo do dito “metal sinfônico” por ser a mente criativa por trás do Epica, uma das mais bem sucedidas bandas do gênero. Antes de fundar o Epica, no entanto, Mark já era conhecido pelo seu trabalho com o After Forever, outra grande banda holandesa do mesmo nicho musical, que encerrou suas atividades em 2009.

A exemplo do LTE, o MaYan é composto quase que exclusivamente por membros ou ex-membros de ambas as bandas capitaneados por Mark. Sendo responsável apenas pelos vocais aqui, ele convocou os guitarristas Isaac Delahaye (Epica) e Frank Schiphorst (Symmetry), o baixista Rob van der Loo (Freak Neil Inc), o baterista Ariën Van Weesenbeek (Epica) e o tecladista Jack Driessen (ex-After Forever). Dentre as participações especiais, destacam-se o vocalista Hennin Basse (Sons of Seasons) e as cantoras Simone Simmons (Epica) e Floor Jansen (ReVamp, ex-After Forever).

Na capa de “Quarterpast”, álbum de estreia do projeto, as palavras “Symphonic Death Metal Opera” aparecem logo abaixo do título do trabalho e é mais ou menos isso que o ouvinte receberá. Quarterpast é um álbum tem uma primeira audição difícil, tamanha a variedade de sonoridade encontrada ao longo de suas 12 faixas. As músicas variam do death metal cru, passam por trechos sinfônicos, outros progressivos, uma mistura danada que, por incrível que pareça, soa bastante harmoniosa. O som do MaYan ora lembra algo do Epica, ora do After Forever, ora Dimmu Borgir, ora Amon Amarth, o que torna sua definição – e sua digestão inicial – bastante difícil.

Fato é que aqui Mark Jansen resolveu explorar mais seu lado agressivo e calcou boa parte das faixas no peso e na velocidade do death metal. Frank Schiphorst e Jack Driessen colaboraram com muitas das composições do álbum, o que tornou o som do MaYan bastante distinto – ainda que algumas poucas passagens haja semelhança – do que Mark faz no Epica. Se lá ele é quase que uma figura de apoio para que a bela Simone Simmons brilhe, aqui ele é a estrela principal e se mostra bastante confortável como tal. Há, em Quarterpast, até espaço para que o baterista Wessenbeek colabore com vocais guturais, dividindo a função com Jansen.

Devido à variedade do álbum, é difícil eleger destaques individuais. Faixas como a que abre o álbum, “Symphony of Aggression” e a derradeira “War on Terror”, no entanto, podem dar uma boa idéia da proposta geral do MaYan.

“Quarterpast” será lançado no Brasil nos próximos dias via Hellion Records.

Nota: 8/10

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s